Agência de publicidade ou assessoria de marketing: quem sua empresa deve contratar primeiro?

marketing

Agência de publicidade ou assessoria de marketing: quem sua empresa deve contratar primeiro?

Apesar de parecer complexa ao primeiro olhar, a questão é mais simples do que parece. De pouco adianta contratar uma agência de comunicação se o plano de marketing está pouco – ou nada, como muitas vezes acontece – desenvolvido.

Mas antes de tudo, qual é a relação entre o marketing e a publicidade?

Resumidamente falando, o marketing é um processo que busca gerar trocas que cumpram os objetivos da organização, atuando desde a concepção do produto, definição de seu preço, sua distribuição e promoção de suas vendas.

A publicidade está inserida apenas neste último ponto (a promoção) e ainda divide espaço com outras ações, como eventos, distribuição de brindes, liquidações, entre outros. Seu papel, também de forma resumida, é divulgar a mensagem da marca e seu produto, ou serviço, através de estratégias que definem a frequência com que essa mensagem será anunciada e em quais mídias.

A publicidade é de importância vital para uma empresa, mas sem uma estratégia bem definida, esse investimento pode não ser aproveitado ao máximo.

O que acontece se eu contratar uma agência de publicidade sem um plano de marketing?

A relação poderá ser frustrante para ambos os lados, já que o departamento de marketing, ao investir em divulgação para a marca sem um plano desenvolvido, não terá seus esforços recompensados.

Ao mesmo tempo, a agência não será capaz de operar com eficiência, pois não receberá do departamento de marketing todas as informações necessárias. Isso porque a agência depende do chamado briefing, preenchido pela equipe de marketing. Caso os briefings não respeitem o plano de marketing da empresa, as campanhas publicitárias poderão não apresentar o sucesso almejado.

Por que tantas empresas não têm o resultado que buscam com publicidade

Seja por questões de planejamento, gestão ou até mesmo corte de recursos, muitas empresas preferem não contar com uma equipe interna de marketing. Logo, a falta de membros qualificados do marketing para passar as informações para as agências de publicidade dificulta a comunicação da empresa com os consumidores finais.

Isso acontece porque, em geral, um departamento de marketing bem estruturado custa caro à empresa, pesando especialmente nas finanças de pequenos e médios empreendedores.

Para estas empresas, porém, pode ser interessante terceirizar esse serviço. Contratar uma assessoria permite que a empresa possua um planejamento estratégico bem desenvolvido, sem ter de bancar os custos físicos e humanos exigidos. Isso se torna uma excelente solução para o marketing de pequenas empresas.

Então o correto é optar pela assessoria de marketing, certo?

Depende. Em um departamento de marketing mal estruturado e sem uma estratégia definida para todas as suas frentes, de nada adianta uma aplicação pontual – então, nesse caso a assessoria é o melhor investimento.

Por outro lado, em um ambiente bem estruturado, a aplicação de recursos em um ponto que irá contribuir para obtenção dos resultados almejados pela estratégias geral, não só é bem vinda como também é necessária.

Trocando em miúdos, o marketing é um amplo processo, que coordena diversos setores, da concepção à distribuição do seu produto/serviço, enquanto publicidade é apenas uma peça desta estrutura. E em uma estrutura que não funciona como um todo, de nada adianta trocar uma peça.

Você tem alguma dúvida sobre as diferenças entre marketing e publicidade? Deixe suas perguntas na seção de comentários abaixo!

admin

admin

1 comment

Deixe uma resposta

Receba as últimas do blog